Afirma Pereira

Li em poucas horas Afirma Pereira, de Antonio Tabucchi (Rocco, 1995, 125 p., tradução de Roberta Barni).

O livro do escritor italiano, que foi levado ao cinema, em 1995, com Marcello Mastroianni no papel do protagonista, narra a história de um jornalista que, em 1938, por 40 anos trabalhou como repórter policial, e depois de viúvo foi trabalhar como editor da seção de cultura de um pequeno vespertino lisboense, ligado apenas aos ideais católicos, sem afinidades com os fascismo que dominava vários países europeus.

Esse jornalista, Pereira, vive mergulhado nas lembranças do passado, na vida com a mulher tuberculosa, e tem por regra isolar-se do contexto político.
Encontra, porém, um jovem ítalo-português, Monteiro Rossi, que se oferece como estagiário na seção cultural. A impetuosidade de Rossi, dominado pela namorada marxista, é muito pueril e nada contribui em termos de trabalho com Pereira. A ligação entre ambos, porém, vai se transformando em uma abertura do jornalista com a realidade da ditadura salazarista, iniciando uma indisposição com o regime, e altera a obsessão de Pereira com a morte e o arrependimento, e inicia uma trajetória em busca da vida.

Essa trajetória se intensifica quando Pereira conhece, em uma clínica de tratamentos alternativos contra a obesidade, o doutor Cardoso, que o estimula a deixar Portugal e sua repressão, ostensiva e velada.

O verbete do filme na Wikipedia conta toda a história.

A linguagem do livro é muito ágil, sem floreios, adjetivações inúteis ou descrições de paisagens e de características de personagens, o que facilita e incentiva o leitor a logo concluir a leitura.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s