Caio Fernando Abreu

O primeiro livro de Caio Fernando Abreu (1948-1996) que li foi “Morangos Mofados“, do qual gostei bastante e me levou a me interessar em ler alguns de seus outros livros de contos:

  • O Ovo Apunhalado
  • Ovelhas Negras
  • Pedras de Calcutá
  • Triângulo das Águas,
  • além do romance Onde Andará Dulce Veiga?
  • e ter a coletânea Caio 3D: o essencial da década de 1970, que reúne, além de contos, também cartas e poesias.

Bom contista, bom seguidor da moda da época, de escrever tendo como pano de fundo o regime militar no Brasil, sem panfletagens, e com observações sociais que incluíam sexo e cotidiano dos personagens das cidades brasileiras.
Isso foram motivos mais do que suficientes para que Caio Fernando tenha sido incluído na relação dos principais escritores do final do século XX.
Afora isso, Caio Fernando foi o responsável por uma das traduções brasileiras que existem do famoso A Arte da Guerra, de Sun Tzu (existem outras – é bom salientar).
Certamente sua morte precoce interrompeu uma capacidade que ainda tinha muito para oferecer ao mundo da literatura brasileira.

Anúncios

2 comentários

  1. sempre gostei muito dele, embora tenha lido poucos livros, lia as crônicas no jornal, talvez estejam em algum livro…Irene

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s