Casa de Hades

Eu havia comentado que não compraria outro livro de Rick Riordan. Bem, ocorre que ganhei Casa de Hades – Os heróis do Olimpo – livro quatro  (Intrínseica, 2003, 494 p.) e passei a ler o livro que foi lançado simultâneamente nos Estados Unidos e no Brasil, em outubro passado.

Dos três livros que li, do mesmo autor sobre o mesmo assunto, é o que teve a pior tradução. Observo que cada um dos três livros teve tradutores diferentes. Coisas do tipo acompanhar o acompanhante, e declive para baixo, podem fazer sentido em inglês, que utiliza palavras que não são semelhantes no primeiro caso e que precisa de certas preposições no segundo. Em português, demonstra apenas uma falta de cuidado bem grande com o que foi escrito.

A história é fraca, confusa, e recheada de excesso de personagens e de cenários. Útil como roteiro de filme, mas ruim como literatura juvenil.

O melhor do livro é o glossário de mitologia grego-romana que ocupa as últimas dezesseis páginas do livro.

Por acaso, entrei em uma livraria na semana passada, e lá havia sete ou oito livros Rick Riordan à venda.  Quanta rapidez na produção!!! Mais de vinte livros em tão pouco tempo… Para mim isso demonstra que ele é apenas mais um escritor que quer sugar ao máximo o dinheiro de um público leitor que pode ter se interessado pelas primeiras obras. Rick poderia tentar também trabalhar como autor de uma das temporadas de Malhação

Anúncios

1 comentário

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s